Páginas

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Tenho verdadeiro amor pelo que faço, hoje estou com o 2º ano B (vespertino) uma sala complexa em disciplina e que depois de vários métodos foi possível enxergar o verdadeiro foco indisciplinar.
A realidade de muitas crianças ali,nos leva a triste realidade da falta de amor, de não serem enxergadas como alguém que possa contribuir com algo, capaz de fazerem e produzirem ,pois o maior tempo da vida delas são crianças com atitudes de adultos.
Como educadora, tenho procurado ser mais sensível,amável respeitando a realidade de cada uma delas, assim com certeza vou conseguir conciliar os meus propósitos em ensinar como também criar um elo de amizade com eles.Para mim esta é a verdadeira arte em ensinar, compreender os limites de cada um, dentro de um contexto social, para uma eficiência na troca de aprendizagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário